Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Resolução Do Enigma

 

Um jovem casal apaixonado, desejando viver a urgência do seu amor, atravessa a penumbra da noite. Dirigem-se para solo sagrado, onde procuram refúgio e protecção. Vítimas de um amor esconjurado pela família, trocam juras de amor eterno.

 

Sob a bênção dos deuses, oferecem-se os seus corpos e almas. Dessa fusão entre o amor de dois seres, rogam à deusa sua protectora, que lhes dê um fruto, símbolo da sua união eterna.

 

 

Estavam a gostar, era? Esta foi apenas uma mini-história ficcionada por mim para justificar o “Enigma Cor-De-Rosa”.

Percorria eu uma rua do santuário de Fátima quando, descuidadamente, ia pisando a tal coisinha cor-de-rosa. Fiquei de boca aberta pois jamais esperaria encontrar uma coisa daquelas ali, naquele lugar, e muito menos… ao lado do caixote do lixo!

 

Pois bem, caros/as bloguistas, a tal coisa cor-de-rosa era nada mais, nada menos do que um… preservativo usado!!!!!!

 

Bom, temos de ver a perspectiva positiva das coisas não é? Ora vejamos: pelo menos deve ter sido sexo seguro (pois deve ter sido em cima do caixote do lixo); ou alguém estava a cumprir alguma promessa, ou então foi alguma estreia…

 

Bom, só me ocorre dizer que foi uma q…. abençoada!